Quinta-feira, 9 de Agosto de 2007

Capítulo 3: O Fim de uma Era

    Blader suspirou, levantando-se da cadeira de comando do Phalanx. As ogivas de anti-matéria ocupavam-lhe os pensamentos... Apesar de todos os esforços da equipa de Connors, duas delas tinham acabado por escapar.
    O oficial de comunicações aproximou-se dele. "Comandante, o grupo 3 de infantaria pede bombardeamento orbital contra as peças de artilharia inimigas."
    "Ok. Coordenadas?" Blader inquiriu ao seu oficial.
    "334.452. Quais são as suas ordens?"
    "Fogo à vontade, e corram um scan activo para encontrarem as outras peças."
    "Sim senhor!" O oficial afastou-se, após saudar o comandante.
    As forças Aliadas estavam prestes a invadir o último reduto Alteriano, e a tarefa das frotas espaciais era fornecer apoio de fogo à infantaria.
    De súbito, uma frota Alteriana aparece, vinda do hiperespaço.
    Blader dirige-se rapidamente à cadeira de comando e liga o sistema de comunicações: "A toda a frota, posições de combate! Frota inimiga às 12 horas!"
    Rapidamente, a frota aliada de Blader tinha assumido uma posição defensiva, pronta a resistir à tempestade mortífera que se avizinhava...
    "Blader, estes gajos NUNCA aprendem, pois não?"
    O Comandante e os ocupantes da ponte não conseguiram evitar uma gargalhada. "Não Kickman, eles gostam de perder."
    "Bem me parecia que eles eram bons perdedores."
    Blader levou a mão à testa. "Kick, essa foi uma piada muito seca."
    Ouviu-se um cacarejo pela rádio. "Pois, se calhar esta foi má."
    O oficial de ponte levantou a cabeça. "Contacto com a frota inimiga em 30 segundos"
    Blader anuiu com a cabeça. "Ok pessoal, isto é, muito provavelmente o fim. Se vencermos, esta ameaça extinguir-se-à agora... se formos derrotados... digamos que nada ficará entre eles e os nossos planetas..."
    Num ecrã de comunicações, à frente do comandante, 12 faces acenaram em concordância. Eram todos os comandantes de frota da aliança, e nos seus rostos podia ler-se claramente a preocupação que lhes ocupava o espírito.
    Nisto, a frota inimiga abriu fogo... Mais uma vez, os caças defensores resistiam... era mais do que a vitória que estava em jogo, mais uma vez.
    Contudo, os Cruzadores inimigos avançavam para o alcance das naves Aliadas maiores, ignorando o fogo das baterias laser inimigas.
    Blader olhava incrédulo "Mas que...?" De súbito, dos cruzadores irromperam naves de abordagem, que se dirigiram ao Phalanx, evitando todo o fogo inimigo.
    Blader ligou rapidamente as comunicações internas. "Preparar para abordagem!"
    "Blader, eles querem abordar-nos!"
    "Junta-te ao clube Kick."
    As tropas Alterianas entraram na nave. A tripulação já os esperava, equipados com o armamento que encontravam, desde pistolas a Espingardas Laser. Apesar de serem bons no espaço, contra tropas de abordagem não tinham hipóteses, acabando por perder terreno rapidamente.
    Um dos defensores dirigiu-se ao comunicador. "Comandante, eles apanharam o nosso hangar principal. Onde estão as tropas da nave?"
    "Calma. Eles têm de ir de uma ponta à outra da nave. Estão aí em pouco tempo."
    De facto, as tropas de defesa tinha acabado de chegar. Apanhados desprevenidos, os Alterianos foram massacrados por uma metralhadora laser de um dos soldados.
    Olhando admirado para os inimigos fumegantes, ele pensou que algo estava errado. Não era normal usarem tropas regulares em abordagens.
    Abriram caminho relativamente depressa até ao hangar.
    A reacção dos soldados quando viram o que os esperava foi unânime. "Oh me..."
    O chefe de esquadrão disse rapidamente, antes de ligar o rádio. "Bem podem dizê-lo."
    Blader estava estupefacto. As cargas de anti-matéria destinavam-se às suas naves!
    Depois de pensar por alguns momentos, deu as suas ordens. "Coloquem a ogiva no meu caça."
    A mensagem foi transmitida por toda a frota, e todos compreenderam o que Blader ia fazer.
    "Blader, tenho aqui uma ogiva também. Não vais sozinho."
    "Então despacha-te Kickman."
    Kickman riu-se. "Já estou pronto."
    Com um sorriso mordaz, Blader ripostou. "Olha que bom. Achas que aqueles desgraçados sabem o que os esperam?"
    "Não. A nossa frota vai gostar do fogo de artifício" Blader suspirou.
    "Lançador a 100%. ETA ao alvo... 45 segundos com os pós-combustores. Não interessa ter gasolina para o regresso...
    Kickman respondeu. "Lançamento em 5 segundos."

4

3

2

1

    Os caças saíram dos hangares das suas naves a uma velocidade inacreditável.
    Blader, rompendo o silêncio via rádio, deu uma última ordem. "Capitão Meithel. Tome controlo da frotas Aliada... e cuide do Phalanx.
    "Sim senhor. Detectamos que os hangares inimigos estão abertos."
    "Obrigado."
    Os caças enfiaram-se no hangar da nave principal Alteriana, e as suas ogivas detonaram.
    Em todas as naves, a tripulação parou e fez continência em homenagem ao sacrifício dos dois comandantes. A explosão, criando um grande clarão, levou a quase totalidade da frota inimiga para a sua ruína.
    Meithel, vendo a situação, fez aquilo que era correcto. "A todas as naves: Vamos limpar os restos!"
    Ouviu-se um coro de respostas afirmativas e gritos de guerra. Os caças e cruzadores aliados avançaram, destruindo qualquer nave Alteriana que se atrevesse a apontar-lhes as armas. Em alguns minutos, estava tudo acabado.
    Meithel olhou então para o planeta. "Vamos dar-lhes notícias dos resultados..."

------------------------------------

    Em terra, as coisas não iam bem.
    O clarão das ogivas induzira em erro os soldados dos dois lados do conflito, e os Alterianos sitiados, com um grande grito, lançaram-se sobre os seus adversários.
    As tropas aliadas pensavam que era o fim. Não havia fuga possível. Connors e o seu grupo olharam para a vaga atacante. Se tinham de morrer, ao menos levariam o máximo de adversários com eles. Posicionando as suas armas, o grupo inteiro abriu fogo, fazendo com que a onda que se aproximava se desfizesse pouco a pouco. As tropas regulares, vendo o exemplo daquele grupo, lançaram-se também ao ataque, conseguindo travar os Alterianos.
    De repente, o Inferno caiu sobre os atacantes.
    Uma comunicação soou aos ouvidos de Connors. "Aqui Capitão Meithel, agora no comando da frota Aliada. Vencemos. Agora mexam-se e acabem com isto!"
    Connors sorriu. "Sim senhor!" Levantando-se, gritou bem alto: "A frota Alteriana já era! Pessoal, vamos a isto!"
    Nas fileiras Aliadas, uma onda de gritos de entusiasmo ergueu-se, com alguns soldados a provocarem os Alterianos, que percebiam que os ventos da vitória estavam contra eles.
    "Ordem geral! AVANÇAR!" Connors fez um gesto com o braço, e 600000 soldados avançaram sobre o último reduto Alteriano, agora sem poder defensivo, devido ao bombardeamento orbital intensivo.

--------------------------------------------

5 semanas depois.

    Meithel e Connors estavam no salão principal do Phalanx e agora vestidos com as insígnias de Almirante e General. Nos seus peitos repousavam medalhas de mérito. O comandante supremo das forças da Aliança falava a todos os que estavam lá presentes.

    "A guerra acabou, e agora podemos descansar. Mas não nos podemos esquecer daqueles que perderam as suas vidas nesta guerra, em especial aqueles que nos deram a vitória." Meithel acenou com a cabeça, e muitos dos que assistiam baixaram a cabeça em sinal de reconhecimento.

    "Eles nunca serão esquecidos, desde o soldado mais modesto ao maior líder. Chegou o tempo de reconstruir e viver. vamos aproveitá-lo."

    Toda a assistência irrompeu numa salva de palmas.

    E assim tudo termina... Connors e Meithel tornaram-se figuras influentes na Aliança, sendo reconhecidos pela sua genialidade táctica em muitos conflitos menores nos anos que viriam, principalmente contra piratas espaciais e rebeldes.

    Apesar de tudo, nunca deixaram os seus deveres, continuando a comandar o grupo de Comandos Alpha, e o Phalanx que recebeu upgrades e foi rebaptizado como D.E. Blader.

FIM!
publicado por HolyDragoon às 18:15
link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. A Hora dos Lobos - Capítu...

. A Hora dos Lobos

. Capítulo 3: O Fim de uma ...

. Retribuição. Capítulo 2

. Hunters vs. Berserkers. C...

. Retribuição

. Boas!

.arquivos

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds